Pesquisa

Pesquisa personalizada

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Dicas para programar melhor

Dicas para programar melhor, Aprenda com os outros, Pense antes de fazer, Documente, Arme-se com ferramentas produtivas, Não teste, peça para outros testarem, Páre e descanse

Aprenda com os outros
Existem programadores que não suportam imaginar sua "grande invenção" sendo copiada por outros. Infelizmente estes programadores estão, em sua maioria, fadados a fracassar pois vão viver inevitavelmente em uma ilha, isolados. A melhor forma de aprender é tomar exemplos daqueles que já fizeram.

Pense antes de fazer
O número de programadores que começa a fazer um software pelo código é tão grande quanto a quantidade de cimento usado para construir as torres Petronas na Malásia.

Os melhores softwares que conheço são aqueles onde o tempo "gasto" na sua idealização é muito maior que 70 do tempo total para finalizá-lo.

Documente
A esmagadora maioria dos programadores não consegue criar um parágrafo de texto com nexo.
É trabalhoso, é cansativo, é chato e principalmente, maçante. Mas acredite, tem que ser feito e o quanto antes. Se no meio do caminho você se perder, poderá saber onde está e para onde vai.

Arme-se com ferramentas produtivas
Em minha última viagem comprei um daqueles afamados canivetes suíços.
Na programação acontece a mesma coisa. Existem ferramentas e "ferramentas" para tudo. Editores de código, gerenciadores de bancos de dados, documentadores e assim por diante. Uns melhores que os outros, sejam em recursos, em funcionalidades e também em preços.


Não teste, peça para outros testarem
Tudo o que fazemos repetitivamente torna-se mecânico e não percebemos.

Sempre peça para terceiros testar o que está fazendo e, preferencialmente, que seja um futuro usuário do software.

Páre e descanse
A programação de software é uma área extenuante. Horas e horas diante de uma tela sentado em cadeiras que não atendem em absoluto a ergonomia de seu corpo.
Sempre faça pausas durante o trabalho. Levante-se, vá até o bebedouro (ou geladeira), beba água, caminhe, converse com alguém.

Não se prostitua
Claro que não estou falando de favores sexuais em troca de qualquer coisa. Não é nada disso.
Seja honesto consigo mesmo. Se você é um iniciante na programação, cobre o que é correto pela sua experiência.

Finalmente, como última dica; Seja humilde
Ninguém sabe tudo! Quando você toma uma postura como esta, mantém os braços abertos para receber novas informações e aprender mais, principalmente com aqueles que sabem algo diferente de você.

Leia na Integra

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Principais Falhas de Segurança em PHP

Principais Falhas de Segurança em PHP, Dicas,    PHP,  falhas, seguranca,  register_globals,  Ajax Web
PHP é uma linguagem muito fácil de aprender e não precisa de um esforço muito grande que as outras linguagens necessitam. Por um lado, isso é bom para os iniciantes em php, pois podem começar a programar rapidamente, mas infelizmente, eles não se importam em aprender algo sobre segurança e acabam escrevendo seus códigos de qualquer jeito... Isso infelizmente não acontece somente com PHP. Acho que a maioria que começa a programar escreve os primeiros códigos com falhas banais de segurança. Em algumas linguagens isso não é um problema grave, porem toda tecnologia que é voltado para web, tem contato com um numero muito grande de pessoas diferentes, algumas são boas, outras no entanto não.

Eu imagino que a maioria dos iniciantes em PHP vai escrever em seus primeiros códigos minis-cms ou sistemas de noticias. Um grande número de sites pequenos provavelmente rodam códigos pessoais escritos por alguns que não possuem uma experiência necessária com php, isso também significa que um grande numero de sites podem se tornar (e estão) inseguros.

Eu mostrarei uma lista das falhas mais comuns que podemos encontrar e apesar de parecerem banais, são muito encontrados, junto com os maiores perigos.

Register Globals
----------------
Isso não é um problema novo, já foi tema de muitos artigos e muitos avisos, é algo comum de se encontrar. Porém talvez seja a primeira vez que alguns estão vendo isso...

Leia Mais

terça-feira, 6 de julho de 2010

Fim da vida para o PHP4

pp5 , Dicas,  Versões, Novidades, migracao, OO, P.O.O,  Cliente Java,  Java  , Dinamica,  Linguagem de Programação
A migração para PHP5 é iminente e deve ser considerada por todos, principalmente pelos benefícios que os novos recursos trazem, principalmente na área da P.O.O e pacotes de funções novas. Outra novidade no PHP5 é um melhor suporte a utilizar a linguagem em outros ambientes além de páginas web, como por exemplo scripts de linha de comando.

Em breve será lançada a versão 5.3 com muitas novidades herdadas do PHP6 e uma delas é o recurso de namespaces, tão cobrado dos mantenedores do PHP, como um dos recursos que mais fazem falta para a P.O.O em PHP.

Em seqüencia deverá sair a primeira versão do PHP6 que trará muitas outras novidades como por exemplo o suporte nativo e padrão a unicode, fazendo do PHP um concorrente mais forte ainda no mundo das linguagens de programação para web. Uma dica é para não esperar sair o release do PHP6 para migrar do PHP4 direto para o PHP6. Fazendo uma migração gradual, vai simplificar o processo e gerar menos estresse.

PHP é uma excelente linguagem – tem seus problemas como qualquer outra linguagem e sua popularidade é seguida de uma má fama em qualidade de código pois como diriam muitos, qualquer sobrinho pode criar uma página dinâmica com PHP – mesmo assim, aplicações profissionais podem ser muito bem desenvolvidas com PHP, tanto que com o PHP6, qualquer aplicação web feita nesta versão do PHP poderá se equiparar ao nível de uma aplicação desenvolvida com Java.