Pesquisa

Pesquisa personalizada

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Ajax e PHP - Carregando dados sem refresh

Mas o que seria esse tal de AJAX que tanto se fala nos dias de hoje? Ajax é a sigla para "Asynchronous Javascript and XML". A idéia é utilizar Javascript para transformar suas páginas em aplicações, de modo que não precise recarregar a tela cada vez que o usuário clicar em alguma coisa.

Como exemplo, criarei um script com dois comboBox onde, no primeiro, o usuário selecionará o estado desejado e o segundo apresentará (sem refresh) as cidades correspondentes ao item selecionado acima.


Leia Mais...

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Usando o Visual Studio 2005 para criar interfaces do usuário e dados para aplicativos de dispositivos

Aprenda sobre o que há de novo no Visual Studio 2005 com relação à interface do usuário e banco de dados para uso de aplicativos .NET Compact Framework versão 2.0. Este artigo apresenta você ao novo ambiente de desenvolvimento—especificamente ao novo Windows Forms Designer que integra o Visual Studio 2005. Você terá também um passeio guiado pelos novos controles simplificados disponíveis no Visual Studio 2005, e aprenderá como é fácil criar aplicativos que oferecem suporte aos modos de retrato e paisagem usando esses controles. O Visual Studio 2005 ajuda você a focar vários dispositivos. Você aprenderá também a usar um formulário de herança e a reutilizar e estender formulários existentes. Como a maior parte dos aplicativos móveis de linha de negócios também precisam armazenar e acessar dados, você aprenderá, igualmente, a usar o novo designer de dados no Visual Studio 2005 para criar e preencher um banco de dados do SQL Server 2005 Mobile Edition. Da mesma forma, neste artigo, você descobrirá como criar um banco de dados local e como usá-lo em um aplicativo simples.



Leia Mais

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Delphi + Oracle - Conexão com DBExpress

Olá pessoal, vamos falar um pouco sobre Delphi e sua integração com banco de dados Oracle 9i. Estaremos neste artigo elaborando um pequeno cadastro de clientes onde poderemos realizar algumas operações básicas, tais como : inserir, alterar e excluir registros de uma tabela.

Farei primeiramente as ligações com o Oracle, utilizando os componentes da paleta DBExpress do Delphi.

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Artigo: ASP.NET - Geração e tratamento de log de erros

Este artigo mostra como você pode gerar um arquivo de log de erros em uma aplicação ASP.NET. Vai ser um abordagem bem simples onde os erros serão gravados em um arquivo texto chamado logErro.txt.

Para que serve um arquivo de log ? Serve para você auditar o seu sistema em produção e acompanhar o seu comportamento monitorando as ocorrências que porventura estejam afetando o desempenho ou causando um problema.


Leia Mais

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Estratégias de Partição para Armazenamento de Dados Relacionais no Microsoft SQL Server

Este artigo descreve a capacidade dos modos indexados aprimorados do SQL Server 2005 Enterprise Edition. Os modos indexados são explicados e os cenários específicos nos quais eles podem fornecer melhorias no desempenho são abordados.

O objetivo deste estudo é a partição de data warehouses e tabelas relacionais.


Leia Mais

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Formantando nomes com caracteres especiais em PHP

Este artigo trata de uma coisa bem peculiar, que é a formatação de nomes com caracteres especiais. Por exemplo, o nome MÁRCIO quando passado por essa função vai gerar um retorno Márcio, isso é bem útil quando se está importando dados ou até mesmo criando formulários de cadastro.


Leia Mais

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Artigo: Implementando efeito de sombra com AJAX

Vamos lá, você viu em um site um textbox, button, image, etc com um efeito de sombra que lhe pareceu muito interessante. Então resolveu aplicar no seu site utilizando-se dos métodos comuns (Javascript e CSS) e percebeu que não é uma tarefa tão simples quanto parece. Ok, se isso não aconteceu com você, pelo menos aconteceu comigo.

Mas cá entre nós, para que reescrever código que está pronto e funciona bem? Pensando nisso, quero lhe apresentar o Extender do AJAXControlKit chamado "DropShadowExtender". Com ele, a implementação do efeito de sombra nos seus controles ASP.NET é rápida e fácil, e o melhor: funciona.


Leia Mais

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Artigo Firebird/Interbase: Disparando uma "Stored Procedure" no horário marcado

Neste artigo vou abordar uma questão muito interessante e muito útil aos desenvolvedores que utilizam o banco de dados Firebird/Interbase, trata-se do agendamento de tarefas rotineiras a serem disparadas por Stored Procedures (vamos chama-las de SP's) num horario marcado tanto no Windows como no Linux.Aqueles que já utilizaram (ou utilizam) algum outro banco de dados como o Oracle, Sybase ou MSSQL já estão acostumados a utilizar ferramentas que acompanham esses produtos para realizar tarefas de sistema ou tarefas de rotina num horario previamente calculado.

No Firebird/Interbase, no entanto não acompanha nenhum programa com essa finalidade especifica, claro que se voce for procurar na internet voce encontrará programas para essa finalidade.


Leia Mais

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

PocketPC - Alternativas para desenvolvimento

Neste artigo, pretendemos proporcionar ao leitor uma visão das ferramentas mais conhecidas para desenvolvimento PocketPC e também sobre a ferramenta que utilizaremos como padrão em nosso tutorial - o Visual Studio .NET.

Antes do .NET, havia dois grandes grupos de ferramentas para desenvolver para PocketPC:

Leia Mais

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Usando um TreeView conjuntamente com um relacionamento mestre do detalhe.

Você pode download um projeto da amostra da central do código aqui. Usar um TTreeView ilustrar o relacionamento da pergunta do mestre-detalhe pode extremamente adicionar à relação de usuário de você a aplicação. Não somente este processo adiciona ao UI, mas é também fácil fazer!

Deixa a palavra lá são duas tabelas em um formulário, a primeira tabela é ligada a DBDemos->Customer e a outra tabela é ligada a DBDemos->Orders. (A chave compartilhada está em “CustNo”)

Enchendo o TreeView com a informação mestra:

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

VB.NET 2005 - You Tube

Usando os recursos das classes do .NET Framework podemos criar projetos que interagem com aplicações consagradas que fazem sucesso na internet.

Sim , é isso mesmo , esta é uma aplicação VB 2005 que cria uma interface com o YouTube de uma maneira simples e direta. Você pode aprender muito com ela.

A aplicação usa a classe WebRequest para fazer o download do conteúdo da página. Esta classe utiliza o protocolo HTTP para fazer o download do conteúdo.

Ela usa o método Create da classe WebRequest para criar um objeto WebRequest passando a URL como parâmetro.

Leia Mais

terça-feira, 18 de setembro de 2007

O que existe de novidade no SQL Server 2008

O SQL Server 2008 é a próxima versão da família Microsoft SQL Server. É fornecida uma plataforma de comunicação de dados ainda mais completa, segura, confiável, gerenciável e escalonável para suas aplicações. Permitindo aos desenvolvedores criem aplicações de nova geração, que poderão armazenar e consumir qualquer tipo de dado em qualquer dispositivo e ainda, melhora a tomada de decisões de funcionários e analistas através de maior percepção dos negócios utilizando a plataforma e as ferramentas de BI (Business Intelligence) do SQL Server 2008. Foram abordados e detalhados alguns tópicos interessantes desta nova versão.
Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Integração do MySQL no Visual Studio 2005

Neste artigo vou demonstrar uma dificuldade que tive quando peguei meu primeiro projeto ASP.NET com conexão para o banco MySQL. Não necessariamente é preciso fazer este procedimento para que seja possível se conectar, este procedimento descrito abaixo visa incluir uma paleta do MySQL no Visual Studio 2005, eu particularmente fiz a conexão via Odbc sem utilizar os componentes da toolbox, utilizei no projeto o código manual mesmo, mas para quem interessar fica a dica que por sinal facilita muito.


Leia Mais



Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Autenticação simples de Usuários em PHP

Autenticação de usuários é importante e necessário quando temos uma área restrita em nosso site ou aplicação onde somente pessoas cadastradas e autorizadas possuem acesso.

Neste exemplo estaremos trabalhando com Mysql e Session, segue abaixo o código da tabela de usuários:

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Ajax também enfrenta problemas. Veja quais são.

Ajax veio pra ficar


Quando falamos de web 2.0, falamos em serviços na internet, softwares na internet. Ora, isso é completamente inviável sem Ajax ou algo parecido. Quer dizer, na verdade, existem centenas de tecnologias pra se fazer softwares na web, de “JavaApplets” (que o Box.net usa de forma linda, no qual se pode arrastar e soltar uma pasta do computador para a internet). Existem também plugins. Isso é muito antigo. O Ajax foi a primeira tecnologia a aparecer com uma solução nativa do navegador. Sem precisar instalar nenhum plugin.
Além disso, o passo que nós já demos em direção à web 2.0 não pode ser desfeito. Seja com Ajax ou alguma tecnologia similar, jamais se deve deixar uma página ser recarregada a cada comando que o usuário dá.

Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Trabalhando com Firebird em múltiplos arquivos de dados

Para este artigo usei o Firebird 1.5.2, foi testado no Fedora Core. O Firebird é um banco de dados que trabalha salvando a base de dados geralmente num único arquivo (como dados.gdb, a extensão pode variar para fdb ou outra). Em algumas situações precisamos separar estes arquivos.

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Janelas Animadas - Animação de componentes no Delphi

Se você quer adicionar algum movimento aos seus aplicativos, fornecer a seus usuários uma interface mais amigável e descontraída com aparência profissional, e sem perder tempo com códigos longos, uma ótima alternativa é a utilização da função "AnimateWindow". O Delphi disponibiliza na unit "Windows" a função "AnimateWindow" que de forma muito simples e rápida permite que se apliquem efeitos de animação, semelhantes aos disponíveis no Microsoft Power Point, nos mais diversos componentes tais como: Forms, Buttons, Memos, Edits etc... Abaixo vemos a declaração da função como ela se apresenta na unit "Windows":

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

terça-feira, 4 de setembro de 2007

MSMQ Message Queueing usando o Compact Framework 2.0

Neste artigo iremos abordar o uso de filas (queues) nas aplicações para dispositivos móveis e criaremos uma simples aplicação para enviar e receber mensagens. Esta aplicação irá instalar automaticamente o serviço do MSMQ (caso já não esteja instalado).

O MSMQ é a tecnologia da Microsoft para o enfileiramento de mensagens, que permite que aplicações distintas, não necessariamente na mesma máquina, enviem mensagens de uma para a outra. Parte desta tecnologia de "armazene-e-envie" contém um mecanismo de tolerância a falhas que garante (ou pelo menos tenta) a entrega dessas mensagens. A prioridade de mensagens também pode ser definida facilmente.

O uso de filas é bastante popular em aplicações transacionais e para garantir escalabilidade em soluções corporativas de alto desempenho. Muitas vezes nossa aplicação móvel tem de se comunicar com o 'back-end' através dessas filas e mostraremos aqui um meio simples de tornar isso possível. Não vou tratar do conceito de filas em si aqui pois tornaria o artigo muito longo. Vou supor que o leitor tem conhecimento básico do MSMQ e do uso de filas em suas soluções. Vamos lá!


Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Suporte Técnico à Distância - Delphi

Com a popularização da internet é cada vez mais comum que programadores autônomos, que desenvolvem sistemas para pequenas empresas, tenham clientes em cidades diferentes daquela em que residem.

Esse fato ocasiona um grande transtorno para correção de pequenos bugs que possam vir a aparecer no sistema, e, freqüentemente este é um motivo para desentendimentos entre o desenvolvedor e o cliente. O deslocamento até outra cidade pode se tornar inviável e também querer que o cliente apresente uma visão técnica do problema seria injusto.

O problema: como capturar erros do sistema e conseguir saber exatamente onde ocorrem?

A solução: criar um log de todos os erros (não tratados) que ocorrerem no sistema, formatá-los e gerar um arquivo para que o cliente possa enviá-lo. Sendo assim o desenvolvedor poderia enviar um executável (ou dll) corrigido.


Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

domingo, 2 de setembro de 2007

Protegendo as informações da sua fonte de dados - VB.Net

Vamos começar criando um projeto no Visual Basic 2005 Express Edition do tipo Windows Forms chamado conexaoSegura.

No formulário padrão form1.vb inclua um controle DataGridView a partir da ToolBox na guia Data e um controle Button:
Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

sábado, 1 de setembro de 2007

Utilizando queries recursivas no SQL Server 2005

Entre os novos recursos do SQL Server 2005, estão as Common Table Expressions (CTE), uma forma de definir uma view, válida apenas no escopo do batch atual. Sua sintaxe resumida é a seguinte:

WITH [name] AS (
[instrução SELECT]
)

Com este recurso, é possível simplificar queries mais complexas e torná-las mais legíveis, eliminando sub-queries, por exemplo, ou ainda solucionar problemas de maneira modular, isto é, iniciando pelas partes mais simples. No caso de mais de uma CTE’s por consulta, a segunda pode incluir a primeira em sua cláusula FROM, e assim por diante.
Neste artigo, o objetivo é explorar a utilização de CTE’s para buscas em estruturas hierárquicas, baseadas em tabelas com auto-referenciamento, do tipo Id/ParentId.
Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Formatar datas no MySQL com SQL ou PHP

Olá a todos. Hoje falaremos sobre um assunto muito simples para uns e ao mesmo tempo um grande vilão para outros. Se trata da formatação das datas armazenadas em um banco de dados MySQL.

Muitos desenvolvedores, ao armazenar uma data no banco de dados MySQL, define o campo como VARCHAR e, posteriormente, esse desenvolvedor será prejudicado por não poder utilizar-se das funções que o MySQL oferece para se trabalhar com datas. O motivo? É simples, se ele definiu o campo como VARCHAR o MySQL tratará os dados nesse campo como texto e não data.


Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Expressões Regulares com PHP

Uma expressão regular é uma maneira de descrever um padrão em um trecho de texto ou frase.

Por exemplo, a string 'teste' apresenta um padrão textual 'teste'. Também pode ser associado às letras ou sílabas: 'e','te','st','es', etc.

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

domingo, 26 de agosto de 2007

AJAX e JSON: uma combinação poderosa

Muitos desenvolvedores, até os menos antenados, já ouviram falar de AJAX. Só para relembrar, AJAX é a abreviação em língua inglesa de Asynchronous Javascript And XML e consiste numa técnica de programação para atualizar os dados em uma página de forma assíncrona, ou seja, sem recarregar o documento inteiro. Esta técnica é muito poderosa e, quando usada com planejamento e pertinência, pode tornar a interação bastante agradável.

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Criando uma aplicação "embarcada" com o Firebird

O Firebird é um banco de dados leve, rápido e bastante flexivel, uma dessas flexibilidades é a capacidade de "embarcar" aplicações com ele.

Como assim "embarcar" ?

- Talvez voce pergunte."Embarcar" significa que você pode criar um aplicativo e embutir o Firebird dentro de seu código de forma transparente e distribui-lo de forma fácil, basta executar seu aplicativo e pronto. Nenhuma instalação do Firebird será executada, ou configuração existente será mexida, nem mesmo será necessário parar o Firebird/Interbase que esteja executando naquele instante.


Leia Mais



Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quinta-feira, 23 de agosto de 2007

DELPHI + ORACLE – CONEXÃO COM DBEXPRESS

Olá pessoal, vamos falar um pouco sobre Delphi e sua integração com banco de dados Oracle 9i. Estaremos neste artigo elaborando um pequeno cadastro de clientes onde poderemos realizar algumas operações básicas, tais como : inserir, alterar e excluir registros de uma tabela.

Farei primeiramente as ligações com o Oracle, utilizando os componentes da paleta DBExpress do Delphi.

Para este exemple utilize da :

Paleta DBExpress:
* SQLConnection* SQLQuery

Paleta DataControls:
* DBGrid


Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Agenda com acesso a dados - VB.NET 2005

Se você esta começando agora a aprender o VB 2005 e tem dúvidas em como criar uma aplicação para acesso a dados que realize as tarefas de incluir, exclui, alterar e listar os dados esta pequena agenda feita no Visual Basic 2005 é exatamente o que você procura: simples , com código sem complicações , realizando as principais tarefas de manutenção (as famosas operações CRUD).

Ao estudar esta aplicação você vai aprender a:

- Criar um projeto de acesso a dados usando o Microsoft Access;
- Criar uma interface com o usuário simples e funcional(Menus de opções com ícones);
- Realizar as operações de inclusão, alteração e exclusão de dados;
- Trabalhar com exibição de imagens em formulário;
- Salvar , remover e exibir as imagens em um banco de dados Access;
- Acessar a internet a partir da sua aplicação VB;


Leia Mais



Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

O perigo no gerenciador de uploads do PHP

O PHP é capaz de receber o upload de qualquer browser que siga a norma RFC-1867, o que permite o upload de arquivos cliente => servidor. Ele ainda provê o controle total de quem pode fazer o upload e o que fazer com o arquivo após sua transferência, mas mesmo com esse controle, somente poucas pessoas sabem do perigo real do mal uso desse recurso.

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

sábado, 18 de agosto de 2007

Primeiros Passos no Ajax

Vamos falar um pouco de um assunto muito interessante que, acredito, é do interesse geral de quem desenvolve sites dinâmicos: Ajax

Mas afinal, o que é esse tal de Ajax?

Ajax é a abreviação de Asynchronous JavaScript And XmlHttpRequest e se você nunca ouviu falar dessa tecnologia, é bom correr e começar a dar uma olhada em sites como o Gmail, Google Earth, dentre outros.


Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Exibindo Imagens no Pocket PC

O objetivo deste artigo é mostrar o uso controle ImageList no Pocket PC. Assim você poderá criar um catálogo de produtos e instalar no Pocket do vendedor da sua empresa para o mesmo visitar os clientes e efetuar os pedidos.

Abra o Visual Studio .NET 2003 e crie um projeto com as seguintes características:

•Project Types: Visual Basic Projects
•Templates: Smart Device Application
•Name: PocketPC
•Location: C:\MSDN\PocketPC

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Interoperabilidade entre sistemas PHP e JAVA

Este artigo apresentará uma forma de integrar sistemas PHP e JAVA, através de um webservice. Iremos utilizar um servidor Apache para rodar o PHP e um Tomcat para rodar o JAVA. Lembrando que a configuração destes servidores não é o foco deste tutorial.

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Transações no SQL Server

Entender como funcionam as transações é o primeiro passo a entender o mecanismo de funcionamento do SQL Server. Aprender os modos de operação das transações, como trabalhar com transações aninhadas e criar savepoints é o objetivo principal desse artigo, além de uma visão sobre ACID.

Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

domingo, 12 de agosto de 2007

Técnicas Avançadas de Select

Este artigo tem o objetivo de demonstrar, através de exemplos práticos, técnicas de SELECT testadas e utilizadas por mim durante toda a minha experiência com bancos de dados relacionais. Os comandos aqui expostos foram testados em Firebird 1.0, porém podem ser aplicados em outros outros servidores devendo-se tomar o cuidado de substituir as sentenças por outras compatíveis na nova plataforma.


Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

sábado, 11 de agosto de 2007

Criando um Formulário de Pedidos com os Assistentes - VB.Net

Neste artigo eu vou mostrar como você pode criar um formulário para efetuar o pedido de venda de um produto em uma aplicação Windows Forms usando somente os assistentes de configuração para Data Source.

Suponha que você tenha que criar um formulário de pedidos para vendas em uma aplicação Windows Forms usando o VB 2005 Express Edition.

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Como reduzir tempo e esforço, garantindo a padronização do sistema, utilizando a herança de formulários.

Existem sistemas que possuem um grande número de formulários de cadastros e/ou listagens de consultas, que exigem certo trabalho para criar todos formulários com o mesmo padrão e funcionalidades. Para tanto se pode utilizar a herança de um formulário predefinido com as características comuns a serem utilizadas, como botões, grids, eventos e métodos. Para garantir a padronização do sistema e ao mesmo tempo reduzir tempo no desenvolvimento e esforço.

Nesse artigo será criado um formulário padrão para consulta, com alguns botões, um DBgrid para listagem e algumas funções básicas que seriam usadas em todos formulários de consulta. Que servirá como referência para todos que serão criados com o mesmo padrão.


Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Stored Procedures usando o MySQL e PHP

Neste artigo mostrarei como utilizar Stored Procedures com o PHP. Stored Procedures nada mais é do que comandos SQL gravados diretamente no servidor, com elas você não se dará mais ao trabalho de fazer suas SQLs em seu código.

As procedures aceitam várias coisas que uma linguagem de programação tem, como condições, loops, atribuições e afins, que fogem do escopo deste artigo, pois ele visa mostrar o básico de como usar as procedures.

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Conhecendo o SQL Server 2005 Express Edition

Antes de mais nada, vamos exclarecer uma coisa. O SQL Server 2005 Express Edition (SQL Server Express) não é o SQL Server 2005 propriamente dito. O SQL Server Express é uma plataforma de banco de dados baseada nas tecnologias do SQL Server 2005 e chega para substituir o MSDE 2000. Ele é um produto gratuito e possui características de rede e segurança que o diferenciam das demais edições do SQL Server 2005.

Neste artigo pretendo fazer uma introdução básica sobre o SQL Server Express 2005, falando sobre suas principais características e fazendo uma comparação com o atual MSDE 2000.

Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quarta-feira, 25 de julho de 2007

Utilizando o Smarty template no PHP

O que é o smarty

Smarty é um objeto (classe) para PHP, que nos permite trabalhar templates no PHP, ele possui uma "linguagem" própria com alguns recursos interessantes. Mais informações sobre o Smarty você pode encontrar em http://smarty.php.net.

O que é e para que serve um template

Template é nada mais que o que aparece para o usuário visualizar. A grande vantagem de se trabalhar com template é que você pode separar a programação pesada (no nosso caso o PHP) do HTML, e podendo fazer várias "caras" para o seu site ou até mesmo separar melhor o trabalho da sua equipe e a melhor parte, é claro, é o reaproveitamento do código.
Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

domingo, 22 de julho de 2007

Implementando relatórios inteligentes com a plataforma Microsoft Business Intelligence

Este artigo apresenta um resumo do livro Applied Microsoft Analysis Services, de Teo Lachev. Aprenda a criar relatórios “inteligentes” usando SSRS (Reporting Services), SSAS (Analysis Services) e procedimentos CLR armazenados do SQL Server. Obtenha os relatórios demonstrados neste artigo baixando o código de exemplo.

Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quarta-feira, 18 de julho de 2007

Impressão de Código de Barras

Na internet estão disponíveis diversos componentes para geração e impressão de Código de Barras utilizando o Delphi e impressoras Laser ou Jato de Tinta. Pessoalmente, ao trabalhar com diferentes impressoras, tive alguns problemas quanto à resolução, configuração de impressoras, impressão nas margens das etiquetas, impressão de grandes quantidades e etc, o que comprometia a confiabilidade do meu sistema.
Devido a estes e outros problemas, considero que a maneira mais simples, prática e profissional de se imprimir códigos de barras, seja utilizando impressoras específicas para impressão de etiquetas e códigos de barras.




Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

terça-feira, 17 de julho de 2007

Microsoft .NET Compact Framework - Conheça a plataforma para dispositivos móveis criada pela Microsoft

Mobilidade é um tema que vem se mostrando cada dia mais presente em nossos dias. Celulares são tão comuns hoje em dia quando telefones fixos.

Computadores de bolso cada vez menores são lançados e passamos a utilizá-los como parte de nosso dia-a-dia. Porém, quando necessitamos de softwares muito específicos para estes dispositivos, precisamos criá-los. Conheça a plataforma .NET Compact Framework da Microsoft e descubra como criar o software ideal para suprir sua necessidade.


Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quinta-feira, 12 de julho de 2007

SIntegra - Delphi

Visão geral da Implementação

Como o Sintegra se baseia em uma série de informações fornecidas pelo usuário do sistema gerencial em questão, e como estas informações devem ser cuidadosamente tratadas antes de serem enviadas para o banco de dados do sistema e por fim utilizadas na geração do arquivo de texto, sob pena de recusa do arquivo gerado por parte do Programa Validador, foi desenvolvida a SIntegra32Dll.dll, como uma solução que visa facilitar e agilizar o processo de tratamento destas informações, uma vez que seus usuários podem abstrair a camada de geração dos registros e validação das informações, se preocupando apenas em fazer as chamadas à dll passando os parâmetros necessários para a criação do registro.

Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

terça-feira, 10 de julho de 2007

Trabalhando com arquivos .INI - Vb.Net

Você lembra dos arquivos .INI ? Eles tiveram seu momento de glória no Windows 3.1 e foram perdendo a importância. Apesar disso eles eram uma opção a usar o registro do sistema para armazenar informações das configurações da aplicação e outros dados que o desenvolvedor julgasse importantes.

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

sábado, 7 de julho de 2007

DELPHI + ORACLE – CONEXÃO COM DBEXPRESS

Olá pessoal, vamos falar um pouco sobre Delphi e sua integração com banco de dados Oracle 9i. Estaremos neste artigo elaborando um pequeno cadastro de clientes onde poderemos realizar algumas operações básicas, tais como : inserir, alterar e excluir registros de uma tabela.

Farei primeiramente as ligações com o Oracle, utilizando os componentes da paleta DBExpress do Delphi.


Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

terça-feira, 3 de julho de 2007

Instalando e Executando o MySQL no Windows

1 - Conhecendo o MySQL
MySQL é um sistema de banco de dados relacional. Se considerarmos as palavras dos fãs do MySQL, chegamos à conclusão de que este banco é mais rápido, mais confiável, e mais barato - ou, resumindo, melhor - que qualquer outro sistema de banco de dados (incluindo sistemas comerciais tais como Oracle e DB2). Muitos oponentes do MySQL continuam a desafiar este ponto de vista, chegando mesmo a afirmar que MySQL nem é um sistema de banco de dados relacional.
Leis Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

segunda-feira, 2 de julho de 2007

PHP: Programando com segurança

Este documento tem como ênfase a programação com o mínimo de segurança aceitável para um sistema. Quando falamos de segurança, temos que ter noção que um projeto já deve nascer com esta preocupação. Que os programadores deste projeto também tenham esta preocupação na construção do código. Ou seja, segurança não é apenas um "coisa" de rede ou de administrador de sistema, mas também uma "coisa" de programador.
Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

segunda-feira, 25 de junho de 2007

Fazendo chamadas de voz em Compact Framework

Eu escuto muitas reclamações de que o .NET Compact Framework é muito limitado, só tem o "feijão-com-arroz", "blá-blá-blá"...e eles tem razão. Falta de conhecimento a parte, o que importa é que o desenvolvedor não precisa ficar preso às limitações do Compact Framework. Basta uma rápida investigação na arquitetura do Windows Mobile que o desenvolvedor encontrará uma série de módulos em que Compact Framework não oferece acesso nas suas classes nativamente, e que oferecem serviços muito interessantes. Nesta seqüência de artigos irei abordar esses módulos, indicando o "caminho das pedras", de forma que as principais perguntas de desenvolvimento do Windows Mobile (mais especificamente o Smartphone) sejam esclarecidas.

Então, uma pergunta que vem a mim praticamente toda semana é: "Como faço uma ligação programaticamente?". Pra quem programa em C++ é fácil, mas se você quiser usar dentro de seu programa feito em Compact Framework, temos de traduzir, ou seja, temos de fazer um método na linguagem desejada (C#, VB.NET) que represente a função que se deseja chamar. Uma análise no arquivo de cabeçalho (.h) do módulo correspondente será necessário.



Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quinta-feira, 21 de junho de 2007

Usando criptografia de SQL Server 2005

A Microsoft, como várias grandes empresas, analisa cuidadosamente as estruturas de segurança de banco de dados existentes para garantir que as estruturas de segurança cumpram com os requisitos reguladores recentes do governo, como a Lei Sarbanes-Oxley, de 2002. Esses requisitos reguladores especificam condições para o armazenamento de informações de identificação pessoal. Os requisitos não só afetam os dados quando armazenados em um banco de dados. Afetam também os mecanismos de transferência de dados, os controles de autorização e acesso a banco de dados e a auditoria de banco de dados.

Ao usar essa análise de banco de dados, a TI da Microsoft (Tecnologia da informação da Microsoft) confirmou que os dados confidenciais eram duplicados por todo o espaço de aplicativo LOB (line-of-business, linha de negócios) da TI da Microsoft. Esses dados eram duplicados quando dados eram transferidos e replicados durante as operações diárias da empresa.

Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quarta-feira, 20 de junho de 2007

Referências ou ponteiros em PHP

Referências PHP permitem fazer duas variáveis se referirem ao mesmo conteúdo. A analogia mais próxima é a dos arquivos e seus nomes em sistemas UNIX: nomes de variáveis são o caminho completo dos arquivos, enquanto o conteúdo da variável são os dados desse arquivo.

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

segunda-feira, 18 de junho de 2007

Delphi 5 e a Programação Distribuída Usando OLE e COM

RESUMO

Este artigo tem por objetivo introduzir e apresentar a linguagem de Programação Delphi 5 sendo utilizada na construção de aplicações distribuídas. Demonstrar a importânica das tecnologias COM e CORBA, assim como a OLE e ActiveX e a sua participação nos sistemas corporativos, além da sua utilização para construção de sistemas de banco de dados distribuídos, e a extensão através da Internet. Também será apresentado o ”Remote Word”, que um exemplo concreto da utilização das tecnologias OLE e COM. Este programa conecta a uma máquina na rede que possua o Microsft Word instalado e utiliza remotamente os seus recursos, implementando melhorias, como fazer a máquina servidora falar as palavras que são digitadas remotamente.

PROGRAMAÇÃO COM

De acordo com a Microsoft, a tecnologia COM terá uma papel fundamental na evolução da plataforma Windows. Originalmente, a Microsoft usava o termo OLE para se referir a essa tecnologia, depois começou a usar mais frequentemente o termo COM, e agora chama a versão atual de COM+. COM não é uma tecnologia, mas uma infra-estrutura básica do sistema operacional, que é aplicada sob muitas circunstâncias diferentes. (Cantù, 1999)

OLE E COM

Tudo começou com a OLE (Object Link Embedding) que era uma extensão do modelo DDE (Dynamic Data Exchange). O uso da área de transferência permite que você copie alguns dados na memória, e o uso de DDE permite conectar parte dos dois documentos. A OLE permite que você copie os dados do aplicativo servidor no aplicativo cliente, junto com algumas informações a respeito do servidor ou uma referência a algumas informações armazenadas no Registro do Windows. Os dados que ficaram na memória podem ser copiados junto com o vínculo ou mantidos no arquivo original. Os documentos de Object Linking and Embedding foram posteriormente chamados de OLE Documents e agora são chamados de Active Documents. (Cantù, 1999)

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

sábado, 16 de junho de 2007

Armazenando imagens, sons e vídeos em bancos de dados

Um dos recursos mais interessantes nos bancos de dados atuais é a possibilidade de armazenar recursos multimídia juntamente com outras informações. Dessa forma, é possível criar registros com informações mais ricas sobre um determinado assunto. Por exemplo, pode-se armazenar informações sobre um funcionário juntamente com a sua própria foto. No Paradox, por exemplo, existe um tipo de campo destinado especialmente para esse fim.

No entanto, as possibilidades vão muito além do que o simples armazenamento de imagens. É possível armazenar sons, filmes ou qualquer tipo de arquivo, usando o "obscuro" campo BLOB (Binary Large Object), que permite que qualquer arquivo seja "embutido" no banco de dados. Na verdade, o conteúdo do arquivo não é armazenado no registro em si, mas num arquivo separado que é manipulado internamente pelo banco de dados.

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quinta-feira, 14 de junho de 2007

Como fazer uma transferência de arquivo via infravermelho!

O .NET Compact Framework fornece classes para comunicação via infravermelho entre dispositivos. Este exemplo demonstra como enviar e receber arquivos entre dispositivos usando comunicações via infravermelho. Você precisa de dois PCs de bolso, um para enviar o arquivo e outro para recebê-lo.

Este exemplo cria uma instância do IrDAClient e usa o método DiscoverDevices para descobrir dispositivos de infravermelho ao alcance. Esse método retorna uma matriz de objetos IrDADeviceInfo que fornecem informações sobre cada dispositivo...

Leia Mais


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quarta-feira, 13 de junho de 2007

Mashups: mixagem de conteúdo na Internet

Imagine que você irá percorrer o mundo de bicicleta e quer divulgar esta aventura na Internet por meio de um diário em seu blog. Além do seu relato sobre os acontecimentos do dia, seria interessante que houvesse um mapa, para que os internautas acompanhassem a viagem; algumas cidades, principalmente as históricas e as mais importantes, merecem que sejam dadas informações, como data de fundação, população, fotos de lugares turísticos, melhores restaurantes, hotéis etc. Para enriquecer um pouco mais o conteúdo, que tal informar a previsão do tempo em cada cidade? Para fazer tudo isso, seria preciso uma equipe para fazer as atualizações. Mas se essas informações todas estão disponíveis na Internet, não teria um jeito de juntar esses serviços no seu blog e mostrar apenas as informações que lhe interessam de forma automática? Tem sim e essa tecnologia se chama Mashup.

O termo surgiu entre os DJs londrinos para definir um novo tipo de remix...

Leia Mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

segunda-feira, 11 de junho de 2007

ASP.NET 2.0 - Enviando Emails

O namespace System.Net.Mail é o novo recurso da versão 2.0 para enviar e-mail . Na versão 1.1 usávamos o namespace System.Web.Mail.SmtpMail que é agora obsoleto.

A primeira coisa que você vai notar é que o namespace mudou de System.Web.Mail para System.Net.Mail. e que agora para conseguir a mesma funcionalidade existem duas novas classes :

MailMessage() - representa uma mensagem de e-mail e possui as propriedades : From, To , Subject , Body , etc.;

SmtpClient() - envia uma instância especificada de MailMessage para um servidor SMTP definido.
Leia mais

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

domingo, 10 de junho de 2007

AJAX:Como começar

O que é AJAX

AJAX (Asynchronous JavaScript and XML) é um termo criado recentemente para duas características poderosas dos browsers que existem há anos mas tem sido ignoradas por muitos criadores de páginas web até recentemente, quando aplicações como Gmail, Google suggest e Google Maps foram lançadas.
As duas principais características são a possibilidade de :

  • efectuar pedidos ao servidor sem ter de recarregar a página
  • analisar gramaticalmente e trabalhar com documentos XML

Leia mais...

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quinta-feira, 24 de maio de 2007

Fazer um Select SQL - Compact Framework

- Comandos SQL e retornar valor em Compact Framework

'CONEXAO COM O BANCO DE DADOS

Dim string_conexao As String = "Persist Security Info=False; datasource=CAMINHO DO BANCO\NOMEDOBANCO.sdf"

Dim conexao_db As New SqlCeConnection(string_conexao)

conexao_db.Open()

'SELECIONANDO OS DADOS

'Variável onde será Colocado o Comando SQL
Dim Sql As String = ""

'Variáveis que receberão os Dados
Dim var01 As String = ""
Dim var02 As String = ""
Dim var03 As String = ""
Dim var04 As String = ""
Dim var05 As String = ""
Dim var06 As String = ""
Dim var07 As String = ""
Dim var08 As String = ""
Dim var09 As String = ""
Dim var10 As String = ""
Dim var11 As String = ""
Dim var12 As String = ""

'Try para a execução do Comando

'Seleção dos Dados
Try
Sql = "SELECT * FROM TABELA"

Dim comando_sql As New SqlCeCommand(Sql.ToString, conexao_db)

Dim resultado As SqlCeDataReader = comando_sql.ExecuteReader()

' While para ler os dados
While resultado.Read()

'Jogando os dados nas variáveis
var01 = resultado.GetValue(0).ToString
var02 = resultado.GetValue(1).ToString
var03 = resultado.GetValue(2).ToString
var04 = resultado.GetValue(3).ToString
var05 = resultado.GetValue(4).ToString
var06 = resultado.GetValue(5).ToString
var07 = resultado.GetValue(6).ToString
var08 = resultado.GetValue(7).ToString

End While

- Finalizando o SQL
comando_sql.Dispose()

Catch ex As Exception
MsgBox(ex.Message, MsgBoxStyle.Critical)
End Try

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

Como calcular a média por SQL - Interbase

- Descrição do problema
Fazer o cálculo de um média direto no Banco de Dados

- Solução encontrada

SELECT
(
--SOMATÓRIO DO CAMPO A SER CALCULADO A MÉDIA - NUMERADOR
SUM (ITEMVENDA.VLPRECO)

/
--CONTADOR PARA QUANTIDADE - DENOMINADOR
(SELECT ITEMVENDA(*)
FROM ITEMVENDA
WHERE ITEMVENDA.IDVENDA =:IDVENDA
)
)
AS MEDIAPRECO
FROM ITEMVENDA
WHERE ITEMVENDA.IDVENDA =:IDVENDA

Contribua - Participe - Critique - Ajude - Mande a sua dúvida
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

quarta-feira, 23 de maio de 2007

Função de Explode (PHP) em Delphi

- Descrição da Função

//Declaração necessária
type
TStringDynArray = array of string;
//Deve ser colocado logo abaixo da palava "type"


function Explode(const Separator, S: string; Limit: Integer = 0): TStringDynArray;

var SepLen : Integer;
F, P : PChar;
ALen, Index : Integer;

Begin
SetLength(Result, 0);

if (S = '') or (Limit < separator =" ''"> #0 do
begin
F := P;
P := StrPos(P, PChar(Separator));

if (P = nil) or ((Limit > 0) and (Index = Limit - 1)) then

P := StrEnd(F);

if Index >= ALen then
begin

Inc(ALen, 5);
SetLength(Result, ALen);

end;

SetString(Result[Index], F, P - F);
Inc(Index);

if P^ <> #0 then
Inc(P, SepLen);
end;

if Index < ALen then

SetLength(Result, Index);

end;

//Implentação de teste, evento OnClick do Button e joga em um ListBox
const MYSTRING = 'When,I,die,I,want,Hello,world,carved,on,my,headstone';

procedure TForm.ButtonClick(Sender: TObject);
var StringArray : TStringDynArray;
Loop : Integer;

begin

StringArray := Explode(',', MYSTRING);

For Loop := 0 to length(StringArray) - 1 do

ListBox.Items.Add(StringArray[Loop]);

end;



Contribua - Participe - Critique - Ajude - Mande a sua dúvida
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

Pegar o IP da rede e jogar no Label - Delphi

- Descrição da Função (Function)

- A função foi colocada no OnShow do Fomulário.

procedure Tfrm.FormShow(Sender: TObject);
type
TaPInAddr = array [0..10] of PInAddr;
PaPInAddr = ^TaPInAddr;
var
phe : PHostEnt;
pptr : PaPInAddr;
Buffer : array [0..63] of char;
I : Integer;
GInitData : TWSADATA;
Result : String;

Begin

WSAStartup($101, GInitData);

Result := '';

GetHostName(Buffer, SizeOf(Buffer));

phe :=GetHostByName(buffer);

if phe = nil then Exit;

pptr := PaPInAddr(Phe^.h_addr_list);

I := 0;

while pptr^[I] <> nil do
begin
result:=StrPas(inet_ntoa(pptr^[I]^));
result := StrPas(inet_ntoa(pptr^[I]^));
Inc(I);
end;

lblIP.Caption := result;

WSACleanup;

end;



Contribua - Participe - Critique - Ajude - Mande a sua dúvida
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

Memo ou Dbmemo com todas letras maiúculas inclusive as acentuadas - Delphi

- Descrição da Função (Function)

Function Acentos(Str:String): String;

Const ComAcento = \'àâêôûãõáéíóúçü\';
SemAcento = \'ÀÂÊÔÛÃÕÁÉÍÓÚÇÜ\';
Var x : Integer;

Begin

For x := 1 to Length(Str) do
Begin
if Pos(Str[x],ComAcento)<>0 Then
Begin
Str[x] := SemAcento[Pos(Str[x],ComAcento)];
end;
end;

Result := Str;

end;

- Chamada da Função

Evento KeyUp do campo Memo a ser alterado

procedure TForm1.Memo1KeyUp(Sender: TObject; var Key: Word;Shift: TShiftState);
begin

memo1.Text := acentos(memo1.Text);

memo1.SelStart := length(memo1.Text);

end;


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

Verificar a existência de placa de som - VB

Private Declare Function waveOutGetNumDevs Lib "winmm.dll" () As Long

Dim res As Integer

res = waveOutGetNumDevs()

If res > 0 Then
msgbox "Existe Placa de Som"
Else
msgbox "Não Existe Placa de Som"
End If



Contribua - Participe - Critique - Ajude - Mande a sua dúvida
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

terça-feira, 22 de maio de 2007

Características do Delphi

Delphi (lê-se "dél-fi" mas em inglês se pronuncia "dél-fai") é um compilador e uma IDE para o desenvolvimento de softwares. Ele é produzido pela Borland Software Corporation (por algum tempo chamada Inprise). A linguagem utilizada pelo Delphi, o Object Pascal (Pascal com extensões orientadas a objetos) a partir da versão 7 passou a se chamar Delphi Language. O Delphi originalmente direcionado para a plataforma Microsoft Windows, agora desenvolve aplicações nativas para Linux com o Kylix, e para o framework Microsoft .NET em suas versões mais recentes. O nome Delphi é inspirado na cidade de Delfos, o único local na Grécia antiga em que era possível consultar o Oráculo de Delfos. Os desenvolvedores do compilador buscavam uma ferramenta capaz de acessar um banco de dados Oracle. Daí veio o trocadilho "a única maneira de acessar o oráculo é usando Delphi".


Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

Características Visual Basic

O Visual Basic é uma linguagem programação produzida pela empresa Microsoft, e é parte integrante do pacote Microsoft Visual Studio. Sua versão mais recente faz parte do pacote Visual Studio .NET, voltada para aplicações .Net. Sua versão anterior fez parte do Microsoft Visual Studio 6.0, ainda muito utilizado atualmente.
Um aperfeiçoamento do BASIC, a linguagem é dirigida por eventos (event driven), e possui também um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE - Integrated Development Environment) totalmente gráfico, facilitanto enormemente a construção da interface das aplicações (GUI - Graphical User Interface), daí o nome "Visual". Em suas primeiras versões, o Visual Basic não permitia acesso a bancos de dados, sendo portanto voltado apenas para iniciantes, mas devido ao sucesso entre as empresas - que faziam uso de componentes adicionais fabricados por terceiros para acesso a dados - a linguagem logo adotou tecnologias como DAO, RDO, e ADO, também da Microsoft, permitindo fácil acesso a bases de dados. Mais tarde foi adicionada também a possibilidade de criação de controles ActiveX, e, com a chegada do Visual Studio .NET, o Visual Basic se tornou uma linguagem totalmente orientada a objetos.
Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com


Características PHP

PHP (um acrónimo recursivo para "PHP: Hypertext Preprocessor") é uma linguagem de programação de computadores interpretada, livre e muito utilizada para gerar conteúdo dinâmico na Web. Apesar de ser uma linguagem de fácil aprendizagem e de utilização para pequenos scripts dinâmicos simples, o PHP é uma linguagem poderosa orientada a objetos.

Contribua - Participe - Critique - Ajude}
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com


O que é uma Linguagem de Programação?

Uma linguagem de programação é um método padronizado para expressar instruções para um computador. É um conjunto de regras sintáticas e semânticas usadas para definir um programa de computador. Uma linguagem permite que um programador especifique precisamente sobre quais dados um computador vai atuar, como estes dados serão armazenados ou transmitidos e quais ações devem ser tomadas sob várias circunstâncias.
O conjunto de palavras (tokens), compostos de acordo com essas regras, constituem o código fonte de um software. Esse código fonte é depois traduzido para código de máquina, que é executado pelo processador.
Uma das principais metas das linguagens de programação é permitir que programadores tenham uma maior produtividade, permitindo expressar suas intenções mais facilmente do que quando comparado com a linguagem que um computador entende nativamente (código de máquina). Assim, linguagens de programação são projetadas para adotar uma sintaxe de nível mais alto, que pode ser mais facilmente entendida por programadores humanos. Linguagens de programação são ferramentas importantes para que programadores e engenheiros de software possam escrever programas mais organizados e com maior rapidez.
Linguagens de programação também tornam os programas menos dependentes de computadores ou ambientes computacionais específicos (propriedade chamada de portabilidade). Isto acontece porque programas escritos em linguagens de programação são traduzidos para o código de máquina do computador no qual será executado em vez de ser diretamente executado. Uma meta ambiciosa do Fortran, uma das primeiras linguagens de programação, era esta independência da máquina onde seria executada.

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com